sábado, 7 de maio de 2011

Notas Cotidianas e Literárias LXXXIII

UMA CARTA DE GALILEU GALILEI

          No livro Grandes cartas da história, traduzidas, anotadas e selecionadas por José Paulo Paes em 1963 (São Paulo, Cultrix), há uma carta de Galileu Galilei (1564-1642), endereçada a Belisário Vinta, secretário do Grão-Duque da Toscana, um Médicis que haveria de ser, pouco depois, o protetor do astrônomo. Na carta rara, curta e esclarecedora das pesquisas que estava a desenvolver, Galileu assume a condição de "primeiro observador de coisas maravilhosas". Ei-la:

  30 de janeiro de 1610.

Estou atualmente hospedado em Veneza com o objetivo de fazer imprimir algumas observações que tenho feito dos corpos celestes por meio de um telescópio que possuo, as quais me maravilharam infinitamente, pelo que dou graças infindas a Deus, que houve por bem fazer-me o primeiro observador de coisas maravilhosas, irreveladas às idades pretéritas. Já verificara eu que a Lua era um corpo muito similar à Terra, e o mostrara ao nosso Mui Sereno senhor, mas imperfeitamente, porquanto não possuía então o excelente telecópio que ora possuo, o qual, além de mostrar-me a Lua, revelou-me uma multidão de estrelas fixas ainda não vistas, sendo elas em número dez vezes maior do que as que podem ser enxergadas a olho nu. Ademais, esclareci o que tem sido até agora tema de controvérsia entre os filósofos, a saber, a natureza da Via-Láctea.

Mas a maior de todas as maravilhas é a descoberta de quatro novos planetas: observei os seus movimentos peculiares, em relação a si mesmos e entre si, e no que diferem de todos os outros movimentos dos demais astros. E esses novos planetas movem-se ao redor de outro astro¹ mui grande, da mesma maneira que Vênus e Mercúrio, e possivelmente os outros planetas conhecidos, movem-se ao redor do Sol.  Tão logo o meu opúsculo esteja impresso, o qual, como anúncio, pretendo enviar a todos os filósofos e matemáticos, mandarei um exemplar ao Mui Sereno Grão-Duque, juntamente com um excelente telescópio, que o habilitará a julgar por si mesmo a verdade destas novidades.

¹ Tratava-se do Planeta Júpiter e de seus quatro satélites.

Um comentário:

  1. George Alberto de Aguiar Coelho11 de maio de 2011 22:06

    Genial Galileu! Fantástica carta!

    ResponderExcluir